Quais são as principais diferenças entre o aparelho tradicional e o estético?

Cada vez mais, as pessoas buscam se sentir bem com todas as suas características físicas e com a sua aparência, e isso não é diferente quando se trata da saúde bucal. Apesar de muitos terem o desejo de terem um sorriso mais alinhado e sem irregularidade, não são todos que querem aderir a um sorriso metálico e que pode se tornar incômodo esteticamente. Por conta disso, vários pacientes buscam conciliar a questão dos seus desejos estéticos e também de qualidade de vida e do sorriso e, com esse fim, solicitam ao seu ortodontista o uso do aparelho estético.

Na Smile Cursos, além do estético, diversos outros tratamentos (como aquele feito com alinhadores ortodônticos transparentes, por exemplo) são oferecidos aos alunos, a fim de formar profissionais completos que contemplam todos os seus pacientes, seus desejos e necessidades. Veja, a seguir, algumas das principais diferenças entre o aparelho convencional metálico e o aparelho transparente estético.

Conheça agora o Curso de Especialização em Ortodontia da Smile!

Aparelho Metálico x Aparelho Estético, qual indicar? - Dental Speed

Principais diferenças entre o aparelho metálico e o estético

Aparência: a aparência com certeza é o aspecto que mais pode ser destacado entre os dois aparelhos fixos. O metálico é muito mais visível e se torna um incômodo para pessoas que não querem abrir mão de um sorriso mais discreto. O estético possui bráquetes transparentes, que o tornam praticamente invisível. Esse é o principal motivo que faz com que os pacientes optem pela segunda opção: a busca da discrição e manutenção de um sorriso menos impactado com o tratamento.

Resistência: por possuir uma composição diferente, o aparelho estético se torna mais frágil, o que pode ser uma desvantagem. Seus bráquetes não ficam tão firmes quanto os metálicos, são menos resistentes e podem quebrar com mais fragilidade. Nesse sentido, o paciente que opta pelo aparelho estético precisa estar ciente de que o cuidado com ele é redobrado.

Preço: por ser fabricado com um material diferenciado, mais frágil e que o torna mais discreto, o aparelho estético apresenta gastos mais elevados para o paciente que opta por ele. Por conta disso, os custos também precisam ser levados em consideração. Enquanto o aparelho metálico possui um tratamento que varia dos R$ 500,00 aos R$ 1000,00, o estético pode atingir R$ 2000,00. Tudo depende da procedência do material e da decisão do próprio profissional com relação à renda que deseja obter e também a valorização do seu próprio trabalho. 

Aparelhos ortodônticos estéticos valem a pena?

Afinal, qual é mais eficiente?

A resposta é: DEPENDE! Não existe uma maneira de dizer qual dos dois modelos de aparelho é mais eficiente. Isso vai depender do tratamento, da qualidade do material e do próprio cuidado do paciente com o aparelho. Quanto mais cuidado ele tiver e menos bráquetes tiverem que ser substituídos, menor vai ser o tempo de ajuste da arcada dentária. Além disso, algumas decisões tomadas pelo próprio ortodontista podem interferir nesse tempo.

Published by